terça-feira, 31 de agosto de 2010

As Muralhas Celulares - Omêgas 3, 6 e 9

Veja só que coisa interessante: cada célula do seu corpo tem uma membrana, uma espécie de envelope protetor, que funciona como a "muralha" da célula. Essa "muralha" é construída principalmente com ácidos graxos essenciais e funciona deixando entrar os nutrientes e sair o "lixo" celular e bloqueando a passagem de toxinas para dentro das células.
 Acontece que hoje em dia existem ácidos graxos modificados em laboratório, a chamada "gordura trans", que está em quase tudo que comemos, desde a pipoca e a lasanha de microondas até os biscoitos recheados e o sorvete.
Esse ácidos graxos modificados forçam o seu organismo a construir células com a membrana modificada (uma "muralha furada"), deixando passar toxinas pra dentro das células e impedindo os nutrientes de entrar nelas. Além disso, as células perdem água. E a perda de água é o maior mecanismo de envelhecimento da pele que existe!

Os ácidos graxos essenciais são considerados "gorduras boas" sendo uma fonte de energia altamente concentrada e usados para acionar as reações químicas do organismo. Os ácidos graxos não são produzidos pelo corpo, sendo importante buscar essa fonte através da suplementação.
Hoje em dia, a carência em ácido gordos essenciais são comuns, devido a dietas desequilibradas, pobres em gorduras poli-insaturadas e ricas em gorduras saturadas e colesterol.
Em crianças, os ácidos gordos essenciais são importantes para o desenvolvimento adequado de todas as células, por isso, uma dose inadequada durante o crescimento pode ter consequências graves no seu desenvolvimento.
Nos adultos, os ácidos essenciais demonstraram proteger o organismo em inúmeras situações: aterosclerose, diabetes, alzheimer, cancro, etc.
As gorduras ou ácidos graxos insaturados  são classificados em duas categorias principais: poliinsaturados representados pelas séries ômega-6 e ômega-3, e os monoinsaturados representados pela série ômega-9 (oléico).

Ômega 3
Nos grandes centros econômicos, estima-se que o consumo de ômega 3 segue os padrões da dieta americana, ou seja, baixo consumo de peixes e semente de linhaça (principais fontes de ômega 3) e alto consumo de gorduras saturadas e trans (carnes com gorduras, frituras, lanches tipo fast foods) favorecendo a queda da qualidade de vida e saúde do homem moderno.
O ômega-3 é um tipo de gordura essencial, ou seja, não é produzida pelo nosso organismo e necessita ser consumida via alimentação. Este tipo de ácido graxo, ao ser consumido, sofre uma complexa metabolização através de enzimas e algumas vitaminas, gerando subprodutos potencialmente antiinflamatórios.
Se considerarmos que quase todos os tipos de doenças são inflamatórias (obesidade, síndrome metabólica, hipertensão arterial, aterosclerose, esclerose múltipla, diabetes, artrite, tendinite, fibromialgia, entre outras), conseguimos visualizar a grande importância do ômega 3 para a saúde humana.
Recomenda-se o consumo de peixes de água fria (sardinha, atum, salmão, arenque, cavala), 2 vezes por semana, e/ou inclua uma porção de semente ou óleo de linhaça diariamente.  Assim, ajudará a contribuir na redução dos processos inflamatórios e prevenção de doenças.
É sintetizado a partir do ácido alfa linolénico, percursor do EPA (ácido eicospentaenóico) e o DHA (ácido docosahexaenóico). O Ómega 3 reduz o colesterol do sangue, bem como reduz a formação de trombos. O EPA também possui reconhecidas e importantes propriedades anti-inflamatórias, o que ajuda a aliviar artrites e reumático.

Função: Promovem redução dos triglicérides, podendo ainda exercer outros efeitos cardiovasculares, como redução da viscosidade do sangue, maior relaxamento do endotélio (camada interna de revestimento das artérias) e também efeitos anti-arrítmicos
Onde achar? Em Óleo de canola e linhaça e em peixes de águas frias (cavala, sardinha, salmão e arenque)

Ômega 6
Ácido linoleíco, a partir do qual se sintetiza o GLA (ácido gammalinolico), que é percursor das prostaglandinas, substâncias com actividade semelhante às hormonas, dado que regulam muitas funções do organismo, como por exemplo: Frequência cardíaca; pressão sanguínea; coagulação sanguínea; sistema reprodutor, sistema imunológico (controlam a libertação de glóbulos brancos). Do ponto de vista hormonal, as prostaglandinas controlam a libertação de hormonas segregadas na glândula pituitária, tiróide e glândula adrenal. No sistema nervoso, as prostaglandinas promovem a libertação e recepção de neurotransmissores, mensageiros químicos do sistema nervoso. Diversos estudos revelam que carências em ácido gordos essenciais reduzem a capacidade mental e estado de alerta. Os sintomas mais imediatos são dormências nas extremidades, diminuição da visão, secura cutânea e esgotamento físico. As células de todo o corpo podem ser severamente danificadas.

Função: Reduz o colesterol total e o LDL-C (colesterol ruim). Entretanto, não devem ser consumidos em grande quantidade devido à diminuição do HDL-C (colesterol bom)
Onde achar? Em Óleos vegetais de soja, milho, e girassol

Ômega 9
Ácido oleico, É um ácido gordo mono-saturado e não é essencial. É um suplemento que promove uma resposta inflamatória adequada. Para além disso reduz os níveis de triglicéridos e aumenta o nível de colesterol “bom”.
Função: Reduz o colesterol total e o LDL-C (colesterol ruim) em não diminuem o HDL-C (colesterol bom)
Onde achar? Em Óleo de oliva, canola, azeitona, abacate e oleaginosas (castanhas, amêndoas e nozes)
Estudos recentes comprovam que o consumo desses compostos reduz o risco de doenças cardiovasculares. Mas é importante lembrar que esse consumo deve ser aliado à hábitos de vida saudáveis, como uma dieta balanceada com a ingestão diária de frutas e hortaliças, além de uma rotina de atividade física para assegurar a saúde do coração.
Consulte sempre seu Médico, Nutricionista e Farmacêutico.
Um Grande Abraço

segunda-feira, 30 de agosto de 2010

A arte de Negociar

Negociar é uma palavra chave.

Você já notou que na vida estamos sempre negociando algo com alguém ou com a gente mesmo seja na vida familiar, trabalho ou relacionamentos? Como se aprende a negociar?

Negociar sempre fez parte da nossa vida desde crianças. Já dentro do berço chorávamos por mamadeira, colo, carinho ou mesmo por manha. Essa negociação com a nossa mãe, pai ou babá era inconsciente. A criança negocia sem consciência por necessidade e mais tarde pelo convencimento (conscientes). As vezes a criança se sente muito impotente para negociar, isso acontece quando os pais são acostumados a dizer não para tudo e impor suas próprias vontades. Se as crianças se sentem muito acuadas, sem espaço e impotentes elas lançam mão de recursos como choro, birra, manha etc.

É preciso que os pais diferenciem o que é uma negociação natural da criança. Por exemplo, a criança quer cortar o cabelo e tem 5 ou 6 anos. Então o pai fala não faz assim, faz diferente, mas a criança já pode falar como quer o cabelo(curto ou comprido) isso não vai coloca-la em risco e nem interferir na saúde dela, cabe aos pais explicar e dar opções de como ficará melhor o corte de cabelo, mostrar fotos, modelos etc. Senão com isso, se os pais sempre forçarem o que querem, começa a criar insegurança na criança. Dar opções e deixar a criança escolher fortalece o caráter dela. Aumenta o comportamento e coloca diante dela oportunidades de crescimento mental e de caráter. Outro exemplo, a mãe deixar a criança escolher a roupa que quer vestir, claro que dentro de alguns critérios, explicar para a criança o local que vai, como está a temperatura ambiente, se é aniversário, casamento, praia e depois dentro das regras lançadas, deixar a criança escolher qual a melhor roupa a ser usada. Que horas vais escovar os dentes, depois do jantar ou antes de dormir. A regra é clara, escovar os dentes, mas sempre deixar com a opção dela escolher como vai ser feita e cumprida essa regra. Deixar a criança escolher a roupa, o corte de cabelo, o presente que quer dar mostra que ela tem escolhas, opções e não fica acorrentada ao mundo que o pai quer impor, deixar a criança escolher dentro de um leque que ela possui. Deixa-la mais independente, segura, senão quando ela chegar na adolescência ou fase adulta não vai saber negociar, vai ficar sem possibilidades, não vai ter diálogo, ou ela abre mão de tudo rápido ou entra muito forte, falta de flexibilidade total e isso prejudicará sua vida em todos os aspectos, tudo porque não aprendeu a negociar quando era pequena.

A negociação dá abertura pro diálogo. Se os pais colocarem logo o “não” ou” sim” então não haverá diálogo, perde até a capacidade de poder conversar melhor com os outros, mas se você dá a opção de escolhas e mostra como deve ser feito isso abre oportunidades para a criança desenvolver o hábito do diálogo primeiro com os próprios pais e depois com as oportunidades que a vida vai lhe proporcionando. E não deixar para começar esse treinamento tarde demais, quanto maior for a criança pior será em tentar reverter a situação. Ela já questionará demais e já não haverá tanta paciência dos pais em tentar explicar as razões, os motivos, as circunstancias objetivas e concretas e então teremos brigas intermináveis em casa. Não deixe pra lidar com essas situações na fase de adolescência e sim na fase de criança. Facilita demais.

Mas e quando a questão é negociar consigo mesmo? É preciso estar muito bem estabelecido isso.

Um lado quer dormir o outro não quer, um lado quer fazer ginástica o outro não quer, um lado quer trabalhar o outro não quer. Aí a gente precisa negociar consigo mesmo.

Se você estiver dividido, em conflito, escolha a metodologia de segmentar pra cima. O que você ganha dormindo mais?
Saúde?
O que você ganha fazendo ginástica?
Saúde?
Vamos negociar saúde ao invés de dormir e fazer ginástica.
Buscar um ponto onde há negociação e não divergência. E isso é muito importante para o s jovens também.
Quer sair?
O pai quer que fique em casa....
Então vamos ver o que o jovem ganha de bom saindo e o que o pai ganha de bom com ele ficando em casa. Busca um acordo e assim negociar, fica mais fácil mais prazeroso. Se você não buscar um equilíbrio, não buscar um lado seu, então vais viver dividido e isso vai gerar insegurança. Conflitos. E não se toma decisão se tiver em conflito, ou se tomar toma a decisão errada.

O mais fácil a chegar no objetivo que você quer e conseguir chegar num ponto de convergência para negociar. Tudo começa dentro da gente, se você esta bem consegue se posicionar melhor, flui melhor e é claro negocia melhor, nós negociamos o tempo inteiro então precisamos estar bem com isso, conosco. Sempre. Até porque se negociamos, perdemos algo, ganhamos por um lado e perdemos por outro, ou se dorme ou se faz ginástica, não dá pra fazer os dois ao mesmo tempo. Cabe a nós decidirmos o que é melhor a fazer. O que atende a necessidade do agora.

Já no mercado de trabalho, qualquer profissional que tem claro pra si o que ele quer, e isso requer um processo de autoconhecimento, e tem o poder de negociar consigo e tem claro o que ele quer, quando, como, onde e porque fica muito mais fácil saber negociar com o chefe, com o cliente, com o parceiro, com a equipe, nos relacionamentos.

Negociar com você mesmo é um grande exercício pois começa com coisas simples e depois nas coisas mais complicadas se tornam mais fáceis. Ou seja nada de falar aquela maldita frase:
“ a não, eu vou deixar pra amanha”
Essa maldita procrastinação pra negociação é um grande câncer, mas se você pára e negocia naquela hora, estás se elevando ao autoconhecimento e acaba fortificando a autoestima pra negociação. E isso caro amigo é sucesso na certa para toda a sua vida futura.

Negocie. Aprenda. Corrija e se auto dedique a esta arte.

Um grande abraço

domingo, 29 de agosto de 2010

Olhos - a nossa janela para o mundo

A pele que cobre a área dos olhos é muito delicada e merece cuidados mais do que especiais. Para você ter uma idéia, essa pele tem apenas 0,4 milímetros de espessura, enquanto a do restante do corpo mede 2 milímetros. É por isso que um acúmulo extra de melanina (pigmento que dá cor à pele) ou de vasinhos nessa região acaba transparecendo facilmente na forma de olheiras. O grande inconveniente dessas manchas é a aparência de cansaço que fica estampada na cara.
A região dos olhos é pobre em glândulas sebáceas e por isso as pálpebras apresentam linhas e pés de galinha com facilidade. Quanto mais seca for a pele, mais acentuados se tornam esses problemas.

DICAS
• A solução é lubrificar a região duas vezes ao dia, como cremes específicos para o local.
• Deixe seu corretivo mais claro misturando com um pouquinho de hidratante e passe nas olheiras para disfarçar. Para acertar na tonalidade do corretivo, teste-o no pulso. Ele deve ter a mesma cor dessa área do corpo, que geralmente é um tom mais claro do que o do rosto.
• Aplique o corretivo sobre as olheiras dando leves batidinhas com o dedo, para o produto não manchar a pele. Para dar acabamento recorra ao pó facial desde que não haja muitas rugas na região, pois, pode marcá-las ainda mais.
• Corretivo amarelo neutraliza os pigmentos arroxeados das olheiras e é usado como um pré-corretivo. Deve ser aplicado sobre as manchas com leves batidinhas.
• Amenize as olheiras com compressas frias de camomila. Prepare um chá bem concentrado, espere esfriar e coloque no freezer por um tempo. Espalhe no algodão e coloque as compressas sobre os olhos por 15 minutos ou mais se você quiser. Faça deitada com a cabeça para cima, pois essa posição estimula os vasos a voltar ao tamanho normal, reduzindo o inchaço.
• Dormir pelo menos oito horas é fundamental
• Exercício contra as olheiras: lentamente, force os olhos para o teto e volte a olhar para frente, faça 5 repetições, 5 vezes ao dia.

Para amenizar as olheiras e aliviar a expressão procure seu dermatologista e faça o tratamento indicado.

SOBRANCELHAS
Procure fazer as sobrancelhas logo depois do banho, assim, os poros estarão abertos com o vapor e os pelos sairão mais facilmente e com menos dor. As sobrancelhas podem ser escovadas com um mini-pente, usando-se um pouco de gel ou rímel incolor para fixá-las.
Habitue-se a escovar sempre as sobrancelhas, para cima e para baixo, depois, para dentro e para fora, acertando-as.
Para cobrir as falhas aplique sombra com um pincel fino.
Dome os fios rebeldes com uma camada fina de rímel incolor.
Nunca tente corrigir uma falha afinando outras partes da sobrancelha, o estrago pode ficar cada vez maior e mais visível.

COMO CUIDAR DOS OLHOS
Alguns acessórios básicos podem ajudá-la para realçar o seu olhar: máscara, lápis delineador, sombras em dois ou três tons (do mais escuro ao mais claro), pincel, demaquilante e cotonete para o caso de você borrar a maquiagem.
Depois, é só passar um corretivo sob os olhos, se você tiver olheiras. Caso não tenha, pode aplicar a base diretamente, passe pó, blush (só de levinho) e deixe por último a finalização do olhar com rímel, delineador e outros recursos adicionais.

USO DE ÓCULOS

No Brasil, quase 60% da população brasileira entre 18 e 40 anos usa óculos e é largamente utilizado com objetivos estéticos. Além de ter total cuidado com as lentes que se adquire, é preciso saber escolher a armação adequada.

DICAS PARA ESCOLHER OS ÓCULOS
• Primeiramente, observe se o apoio nasal é confortável e se os óculos emolduram seu rosto, em vez de escondê-lo.
• Para graus muito elevados são preferíveis as armações pequenas, senão as lentes ampliam os olhos e acentuam as marcas de expressão, olheiras e bolsas. Quanto menor a armação, mais natural ficará a expressão.
• Os óculos precisam ficar sempre um pouco abaixo das sobrancelhas e devem combinar com seu formato.
• Quem não usa maquiagem pode adotar óculos que fiquem 1 milímetro abaixo das sobrancelhas. Quem prefere maquiagem mais pesada deve optar por armações que fiquem 3 milímetros abaixo das sobrancelhas: assim as lentes não vão interferir tanto e a maquiagem parecerá mais natural.
• Quanto menores os óculos, mais simpático o resultado mesmo para quem tem rostos grandes e largos.
• Rosto com testa grande pede óculos de cores claras: as armações escuras chamam a atenção para cima, para a testa.
• Quem tem rugas de expressão muito acentuadas deve evitar óculos arredondados e usar armações retas ou semi-retas que "puxam tudo para os lados".
• Para quem tem nariz grande, evite travessão escuro e com muitos detalhes.
• Procure uma loja especializada que pode orientá-lo melhor sobre o tipo de óculos que mais combina com você.

Quando a Doença vem da Emoção - Somatização

A somatização tem de ser tratada, pois pode enfraquecer as defesas do organismo.


Basta passar por uma situação muito difícil, estressante ou problemática que o corpo fica diferente: a cabeça dói, o resfriado aparece, a digestão se complica, a respiração fica difícil ou a pele se enche de alergias. O fato não é uma simples coincidência, mas um processo chamado pela medicina de somatização, ou seja, a transferência para o corpo do que deveria ser vivido e suportado apenas na mente.
Segundo os profissionais que trabalham com a medicina psicossomática, todas as pessoas acabam provocando mudanças no corpo ao enfrentar determinadas situações emocionais, principalmente as que produzem stress e ansiedade. O que muda é a intensidade e a freqüência com que isso acontece - de eventos ocasionais a transtornos repetitivos, que acabam se tornando crônicos.

Desse modo, cada vez que uma pessoa não consegue suportar no plano psíquico uma situação, ela acaba produzindo ou agravando sintomas e doenças que se manifestam no corpo. Palpitações, gastrite e dores de cabeça estão entre os sintomas mais comuns, mas a somatização pode deixar o organismo com menos defesas para doenças sérias, como câncer, além de prejudicar a recuperação de uma cirurgia, por exemplo.
"O stress e a ansiedade são os principais fatores que acabam por influenciar no aparecimento, na manutenção ou repetição de uma doença física, porque eles alteram o funcionamento de vários sistemas do nosso organismo", explica o psiquiatra Carlos Andrade, diretor-científico do Comitê de Medicina Psicossomática da Associação Paulista de Medicina.

No entanto, é possível controlar e até mesmo evitar que isso aconteça. Mas a receita, que não é fácil e muito menos rápida, inclui o autoconhecimento, a descoberta de válvulas de escape e uma mudança na maneira de encarar os problemas e reagir a eles, de preferência com acompanhamento de um psicoterapeuta.
SINAIS CEREBRAIS
Apesar de mudar de pessoa para pessoa, a somatização é explicada cientificamente. Raiva, paixão, tristeza, medo e uma série de emoções causam alterações no organismo, liberando ou inibindo a produção de substâncias, como adrenalina, cortisol e serotonina.

Quando a pessoa fica durante muito tempo submetida a uma situação diferente, ela desencadeia mudanças no sistema nervoso autônomo, responsável pelos batimentos cardíacos, pela temperatura corporal, pela digestão, pela respiração e pela sexualidade. Além disso, provoca mudanças no sistema endocrinológico, que produz uma série de hormônios, e no sistema imunológico, responsável pela defesa do organismo.
Desse modo, a bagunça no corpo começa e os sintomas aparecerem - o local escolhido depende da herança genética e racial de cada pessoa. "O indivíduo tende a somatizar nas áreas do corpo que já estão mais fragilizadas ou já tiveram um problema no passado. Depende das reações e da composição física de cada pessoa", afirma Andrade.

Mesmo assim, os médicos afirmam que existe um perfil geral do somatizador: pessoas extremamente ligadas ao mundo real, que dão pouco espaço para elaborações psíquicas e em cuja vida não há muito espaço para fantasias e imaginação. Sendo assim, acabam tendo pouco contato e tempo para suas questões psicológicas.
"Como não conseguem eliminar as tensões de uma forma natural, aparecem essas válvulas artificiais e as pessoas desenvolvem doenças físicas que têm certamente origem emocional. A gastrite, por exemplo, pode ser uma patologia do aparelho digestivo que se desenvolve à medida que aumentam o stress e o desgaste do paciente", diz o psiquiatra Leonard Verea, especialista em psicossomática.
Em algumas pessoas, o problema se acentua e aparece de uma outra maneira. Ou seja, a pessoa sente sintomas de várias doenças, é examinada pelos médicos, faz exames, mas não encontra nada no corpo que explique o que sente. Nesse caso, não há doença física com o problema emocional. É o transtorno de somatização, estudado pela psiquiatria.

"O paciente sente sintomas no corpo sem que haja uma causa física que explique aquilo. E ele sofre porque não encontra uma causa. Geralmente, são pessoas que recusam fazer um acompanhamento psicológico", explica o psiquiatra José Atílio Bombana, do Programa de Atendimento e Estudos de Somatização da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp).

TRATAMENTO
Há cerca de dois anos, ao passar por problemas familiares, a estudante de administração hoteleira Júlia Moraes Ramos, de 22 anos, começou a sentir dores do estômago e a vomitar constantemente. Foi ao médico e teve o diagnóstico: gastrite. "Ele me receitou remédios e um calmante natural, para eu tomar quando ficasse muito nervosa. Era muito rápido. Eu ficava nervosa, preocupada e uma hora depois começa a doer meu estômago, apareciam aftas na minha boca, eu chorava", conta.
Logo depois, e seguindo a recomendação do médico, Júlia procurou uma terapeuta. "Ela falou para mim que quando tenho um problema que não consigo digerir acabo atacando o meu estômago. Depois da terapia melhorei bastante, aprendi a não ficar fazendo mal para mim, tento me entender e me controlar", diz.
A estudante seguiu o caminho mais recomendado pelos médicos. Segundo eles, apenas tomar remédios para aliviar os sintomas ou curar a doença não são suficientes. Sem mexer na origem do problema, a somatização continuará. "A pessoa precisa ter a humildade de se olhar no espelho e dizer: eu preciso mudar. E ter a coragem para mudar. Senão ficará se repetindo para sempre", observa o psiquiatra Verea.
"A mudança acontece quando consigo conhecer minha capacidade, incapacidade, bondade e maldade. Aí a pessoa pode discernir o que sente, o que é dela e o que está absorvendo do ambiente em que está", diz a psicóloga Maria Rosa Spinelli, da Associação Brasileira de Medicina Psicossomática.

O QUE É
SOMATIZAÇÃO: É a transferência para o corpo de situações e sentimentos que deveriam ser vividos no plano psíquico. Acontece quando fatores emocionais influenciam no aparecimento, manutenção e repetição de uma doença física, tornando-a um problema crônico na vida da pessoa.

SEM CAUSA: Em alguns casos, a pessoa sente dores e apresenta sintomas de diversas doenças, mas não há, nesses casos, nenhuma explicação física para isso. São pacientes que freqüentam muito hospitais, que buscam descobrir a causa dos sintomas e geralmente se recusam a aceitar que eles têm uma origem emocional.

COMO ACONTECE: Em situações fortes de stress e ansiedade, por exemplo, ocorrem alterações no sistema nervoso, no sistema endócrino e no sistema imunológico. Com isso, podem ocorrer alterações hormonais e queda na resistência, entre outros. A pessoa fica com uma propensão maior a ter uma série de doenças, inclusive câncer.

PRINCIPAIS SINTOMAS: Podem se manifestar de diversas maneiras, dependendo de pessoa para pessoa, desde doenças simples até casos mais graves. Mas os mais comuns são gastrite, herpes, dor de estômago, alterações no funcionamento do intestino, dores no corpo, palpitação e falta de ar, problemas de pele, dores de cabeça e problemas na tireóide.

O QUE FAZER
NO CONSULTÓRIO: É importante procurar um médico que, além de receitar remédios e pedir exames, leve em conta, na hora de examinar o paciente, os aspectos emocionais que podem interferir de alguma maneira na doença apresentada. Muitas vezes, a pessoa só percebe que os sintomas podem ter uma relação psicológica quando ouve isso do médico.

SEM MÁSCARAS: Não adianta tentar passar por cima de problemas e situações traumáticas simplesmente ignorando-as ou esquecendo-as. A pessoa precisa vivenciar e sentir as tensões para depois conseguir tirá-las da mente. Somente ao entrar em contato com esses entraves, é possível expulsá-los da mente e não somatizá-los, adoecendo o corpo.

ATIVIDADES: É importante extravasar os sentimentos e não guardá-los ou reprimi-los. Conversar e desabafar com amigos pode ser uma boa alternativa para quem não pode ou não gosta de procurar um psicoterapeuta. Praticar esportes, fazer aula de dança, tocar um instrumento também são atividades que ajudam a liberar os sentimentos que podem estar guardados e escondidos.

PAUSAS: Todo mundo precisa de uma pausa para se reciclar e recuperar as energias. É importante tentar colocar paradas e momentos de calma no cotidiano.

Por Simone Awasso
Adaptado por Marcos Castello Branco

Um Pouco de Insegurança

Homens fortes, seguros, com personalidade, costumam ser sedutores;
Quem não se encanta com aquele que sabe dizer o que pensa e pensa as coisas certas, tem a vida resolvida, uma relação excelente com os filhos (que deram certo em tudo), com a mulher ou a ex, e que aparentemente não tem problemas.
Quem não adoraria encontrar um homem assim?
Ele não hesita na hora de escolher onde vão jantar, sabe, por intuição, a bebida de que você gosta e até sugere o prato que devem pedir.
Ele sabe o que quer, tudo que se procura na vida.
Começa o namoro e nunca houve outro melhor. Ele está por dentro das coisas que estão acontecendo -os filmes que vale a pena serem vistos, a praia onde devem passar o fim de semana... coisas assim.
A vida dele corre sempre bem, ele nunca aparece nervoso, de mau humor, inseguro. E quando você tem um problema, ele, com seu bom senso inato, ajuda você a raciocinar e decidir qual o melhor caminho a tomar.
Tudo ótimo, não? Ótimo, sim, só que você não consegue se apaixonar. Falta alguma coisa, mas não consegue atinar o quê.
Logo você, que já enlouqueceu por tantos, alguns péssimos, outros ainda piores; Logo você, que já passou noites sem dormir, delirando, já que sua paixão da época não apareceu como havia combinado. Soube depois que estava com a turma de amigos, todos uns idiotas, jogando conversa fora e esquecido de sua existência.
Difícil entender a cabeça das mulheres. Quando elas encontram o homem que poderia ser o ideal, o coração não bate, o sangue parece que fica morno e parado nas veias. Mas, num domingo de chuva, você resolve pensar no assunto, o mais profundamente possível. E chega a algumas conclusões.
Não há nada que dificulte mais as relações, sejam elas de amizade ou de amor, do que alguém aparentemente sem problemas.
Para que as pessoas se aproximem é preciso que elas mostrem suas fraquezas, suas inseguranças, que tenham tido fracassos e tenham a coragem de confessá-los; que às vezes (pelo menos, às vezes) não saibam o que fazer, que perguntem o que você acha, que um dia chorem no seu ombro por nada, só porque não entendem a vida...
Só é possível gostar, ficar próximo, surgir um sentimento por alguém que seja, além de forte, frágil, e que mostre suas fraquezas sem pudor.
Mas uma paixão mesmo só acontece quando um homem diz, com ou sem palavras, que precisa muito de nós.

Falta de Sono - Como lidar com esse problema

O sono é um período de descanso para o corpo, sendo fundamental para as suas funções biológicas. É uma atividade noturna e seu tempo de duração varia de pessoa para pessoa, sendo de maior duração na infância, diminuindo com a idade.

Freqüentemente a diminuição do tempo de sono, que ocorre normalmente na terceira idade, é confundida com insônia ou qualquer outro distúrbio de sono.

O sono satisfatório é a sensação de noite bem dormida, independente do tempo dormido. Algumas pessoas dormem somente duas horas e tem sono satisfatório. A falta de sono, por sua vez, leva à fadiga, irritabilidade, e a problemas de memória.
Há vários distúrbios do sono, como a sonolência excessiva, o sonambulismo, e o terror noturno, mas a insônia é o mais importante.

A insônia é uma situação muito freqüente, e o seu diagnóstico correto é fundamental na escolha da terapia. Caracteriza-se pela dificuldade para dormir, tanto no que diz respeito ao inicio do sono, como também à sua duração, propiciando uma sensação de noite mal dormida com cansaço ao acordar. A insônia pode se manifestar de três formas: a demora para se iniciar o sono, o acordar durante a noite ou o despertar muito cedo. A insônia persistente pode levar a problemas de humor e de comportamento, como a depressão. A pessoa que não dorme bem está mais sujeita a sofrer acidentes de automóvel, a aumentar o consumo de álcool e sentir sonolência durante o dia.

A insônia, entretanto, pode ocorrer de maneira transitória, durante um período de maior preocupação ou "stress" ou após viajem muito longa ("jet lag"). A insônia que persiste por mais de três semanas é denominada crônica. Não é uma doença e sim um sintoma de distúrbios orgânicos e/ou psíquicos. Pode ser devida a determinados hábitos: horário irregular para dormir, uso abusivo de café, tabagismo, alcoolismo.
Para um tratamento adequado ou orientações procure o seu médico.

A duração do sono e o grau de repouso apresentado por um indivíduo ao despertar podem ser influenciados por muitos fatores como, por exemplo, a excitação ou o estresse emocional. Os medicamentos também têm a sua responsabilidade. Abaixo, algumas dicas que ajudam a evitar noites em claro e a dormir com os anjos e cair nos braços de morfeu.

1. Sexo: o útil ao agradável
Uma boa maneira de garantir um bom sono é com um orgasmo. A descarga muscular provoca um estado de lassidão, tornando mais fácil conciliar o sono.
2. Agenda
Se está preocupado com os compromissos do dia seguinte, anote tudo numa agenda. Evite fazer a agenda dos compromissos "mentalmente" na cama.
3. Camas separadas
Muitas vezes os movimentos desestabilizam o sono dos respectivos companheiros, principalmente se o parceiro(a) é irrequieto durante a noite. Se esta opção não lhe agradar, pode comprar uma cama maior.
4. Chega de ronco
Não acredite que o hábito de ressonar é normal. Consulte um especialista e ser-lhe-á determinada a causa do problema bem como a respectiva solução. Para remediar use travesseiros altos que permitem uma melhor ventilação.
5. Fui!
Esqueça a televisão por uns instantes e dê um passeio de cerca de 20 minutos. Pesquisadores comprovaram que um passeio curto, mas intenso, de noite é o exercício ideal para quem tem dificuldades para dormir.
6. Largue o cigarro
Está comprovado: quem fuma tem mais problemas de sono do que os que não fumam. Conforme pesquisas, a nicotina é um estimulante que faz efeito máximo no final do dia.
7. Sem angústia
Não se esforce demasiadamente para dormir. Se é o seu caso, levante-se e só volte para a cama quando estiver com sono.
8. Remédios
Não use remédios sem prescrição médica. Geralmente, os remédios para insônia não devem ser usados por mais de um mês, para não perderem sua efetividade. Se faz uso de outro tipo de medicação, explique isso ao médico.
9. Pé quente
As mãos e pés quentes fazem com que os vasos sangüíneos se dilatem, dispersando o calor até conseguir que o corpo alcance a temperatura ideal.
10. Hora certa
Deixe o seu corpo e a sua mente lhe dizer quando estão preparados para ir dormir. Espere pelo momento certo, lendo ou escutando música.
11. Próstata
Se você, homem, se levanta muitas vezes durante a noite para ir ao banheiro, faça um exame de próstata. O aumento desta glândula pode estar impedindo-o de esvaziar completamente a bexiga, causando essas contínuas visitas, sem deixá-lo dormir direito.
12. Zen
Converta o seu quarto num local de descanso, decorando-o de maneira confortável. Use cortinas que não deixem passar a luz.
13. Comida light
Evite os jantares exagerados e deixe passar cerca de uma hora e meia antes de se deitar. Não exagere no consumo de álcool ou café. Evite também o chocolate, o chá preto e as bebidas energéticas.
14. Colchão
O colchão não deve ser nem muito duro nem muito mole. Tem, sim, de ser confortável para quem o utiliza. Os fabricantes recomendam mudar o colchão de 10 em 10 anos, no mínimo.

PRINCIPAIS DISTÚRBIOS DO SONO
- Insônia.
- Apnéia.
- Narcolepsia.
- Bruxismo.
- Terror noturno.
- Sonambulismo.
- Síndrome das pernas inquietas.

Impotência Sexual e seus Fatores


Falar deste assunto deixou de ser um tabu para a sociedade. A impotência quase sempre tem cura e o homem tem à sua disposição vários recursos que vão desde a psicoterapia à medicamentos modernos.
Impotência sexual é uma disfunção erétil que incapacita o homem a obter ou manter ereções suficientemente rígidas para a penetração vaginal impedindo a satisfação sexual. Alguns urologistas acreditam que, de um modo geral, as causas da impotência são 70% dos casos por problemas psicológicos.
Seja qual for a natureza, orgânica ou psicológica, a impotência tem cura e o primeiro passo para a cura é, obviamente, o diagnóstico correto.

FATORES ORGÂNICOS QUE PODEM PROVOCAR IMPOTÊNCIA SEXUAL
·        As doenças vasculares, que causam entupimento das artérias e veias, prejudicando a chegada do sangue.
·        Patologias como o diabetes.
·        A falta do hormônio masculino testosterona, que começa a declinar a partir dos 45 anos de idade, mas é essencial para o funcionamento do mecanismo de ereção.
·        Distúrbios como o priapismo, que provoca a coagulação do sangue dentro do corpo cavernoso, levando à impotência irreversível.
·        O fumo, o álcool e alguns medicamentos também são apontados como prováveis causadores da função erétil.

FATORES PSICOLÓGICOS
·        Ansiedade, misturada à insegurança e ao medo de não "cumprir direito o seu papel".
·        Dificuldades em criar vínculos afetivos ou ainda a conflitos relacionados à figura paterna.
·        A liberação da mulher moderna também contribui para aumentar a insegurança do homem.
·        Depressão e crises existenciais.
·        Medo de contrair AIDS ou mesmo a culpa, nos casos dos homossexuais em relação conflituosa com a sua opção.

terça-feira, 17 de agosto de 2010

Chocolate e seus Benefícios

A boa notícia é que chocolate faz bem ao coração,



melhor ainda se for chocolate orgânico.



alow @danicascaes, um estudo apresentado em Amsterdã, na Holanda, a algum tempo atrás durante um congresso da Sociedade Européia de Cardiologia concluiu que o chocolate é o mais novo aliado do coração. Substâncias presentes no cacau, os flavonóides, ajudam a combater a oxidação da circulação sanguínea, melhorando assim a saúde das artérias e do coração.

Os flavonóides são encontrados também em vários tipos de frutas, mas estudos recentes mostram que o cacau está entre suas fontes mais ricas. Assim, um chocolate de boa qualidade apresenta capacidade anti-oxidante três vezes maior que a do alho e dos morangos.



O chocolate é originário da América do Sul, onde nativos já utilizavam as valiosas sementes de cacau como moeda.

O chocolate foi muito difundido pelo povo Maia que desenvolveu a cultura do cacau na província de Yucatan, no México . Os Maias e Astecas utilizaram as amêndoas do cacau (sementes) para fazer uma bebida e a chamaram de "Xocolatl ". Lendas astecas dizem que o cacau surgiu do paraíso, pois acreditavam que quem o bebesse adquiriria poder e magia.

Em 1519, o explorador espanhol Hernando Cortez conheceu o chocolate em visita à corte do imperador Montezuma, no México. Em 1838 o historiador William Hickling, descreve a historia da conquista do México e relata que na corte do imperador Montezuma, o chocolate servido era aromatizado com baunilha e outras especiarias. O fato do imperador Montezuma consumir chocolate antes de entrar em seu harém levou à crença que o chocolate era um afrodisíaco. A partir daí, o chocolate começou a ser difundido no Velho Mundo. Durante dois séculos após ser introduzido na Europa, o chocolate foi servido como bebida; a forma pastosa foi introduzida como desjejum na França do século XVIII. Os efeitos estimulantes do chocolate eram considerados úteis para os soldados que ficavam de vigia à noite.


Montezuma II foi um imperador azteca,que governou o México

de 1502 a 1520.



A abertura da primeira casa de chocolate ocorreu em Londres, em 1657, por um francês. Até então, o chocolate era considerado um produto nobre, destinado à elite. A Revolução Industrial trouxe a produção em série e tornou o chocolate um produto popular. Em 1765, John Hanan, introduziu o chocolate nos Estados Unidos, ao levar sementes do oeste da Índia. A primeira fábrica de chocolate foi instalada no estado de Massachusetts. A partir daí, o chocolate foi amplamente difundido pelo mundo inteiro.



Atualmente, cerca de ¾ do cacau fornecido para a industria de chocolate são cultivados na África Ocidental e a maior parte da fração restante no Brasil, mais precisamente no estado da Bahia. Entretanto, a produção de cacau no Brasil teve uma queda acentuada devido ao aparecimento da "vassoura de bruxa" , doença que ataca a planta, suas folhas e seus frutos. O setor cacaueiro vive uma crise e um momento de completa reestruturação e os proprietários de fazendas de cacau necessitam de alternativas para, em meio à crise, continuar com esta cultura tão nobre.



Uma destas alternativas é, sem dúvida, a produção de cacau orgânico. Pela natureza da cultura e suas condições de produção dentro da mata, a produção de cacau já está integrada com uma das bases da agricultura orgânica, que, dentre outros princípios, determina a preservação do ambiente natural. Além disso, a não utilização de agrotóxicos e adubos químicos, poderá garantir uma melhor qualidade nutricional para o fruto do cacau . A constante reposição de matéria orgânica, característica da floresta, irá contribuir para a manutenção de um solo rico, equilibrado e capaz de atender as necessidades da planta.



O cultura do cacau é considerada artesanal , pois necessita de mão-de-obra em todas as etapas de plantio e colheita até a entrega da amêndoa para a industrialização. Nesse estágio, depois de separadas, as amêndoas entram na fase de fermentação, secagem e torrefação em baixa temperatura. Destas etapas dependerá o sabor do chocolate. Vários processos de manuseio se seguem, dependendo de como se queira o produto final.


 
A produção de cacau orgânico já é uma realidade na região sul da Bahia. Atualmente, técnicas de produção orgânica estão sendo desenvolvidas, em completa sinergia com o meio ambiente. Algumas alternativas como culturas consorciadas (cacau , palmito, café, ervas, temperos, mandioca, milho, feijão, frutas e até seringueiras) estão sendo testadas e certamente irão ter bons resultados.

 

cada coco contém em média 40 sementes ou grãos dentro de uma polpa esbranquiçada


A produção de chocolate, a partir do cacau orgânico, está sendo desenvolvida em todo o mundo. Já existem marcas famosas de chocolate orgânico nas prateleiras de mercados da Europa e dos Estados Unidos e sua disponibilidade é uma ótima noticia para os amantes do chocolate.



Em resumo, a cultura do cacau absorve mão-de-obra, gera empregos e garante condições de melhoria social. O chocolate é indicado como um alimento energético, afrodisíaco, anti-oxidante, tônico cardiovascular e estimulante do bom humor. Sua versão orgânica se apresenta como uma alternativa viável de produção e torna o chocolate um alimento mais saudável, por não utilizar produtos químicos.

Bom Apetite

Aprecie com doce, amargo ou meia amrga moderação.

quinta-feira, 5 de agosto de 2010

Vivendo bem com a Menopausa

Para entendermos o como viver bem com a menopausa, precisamos primeiro conhece-la bem e nos tornamos íntimos dos detalhes que acontecem nesta fase importante da vida de todas as mulheres.






O que é?


O primeiro ponto que temos que entender é que a menopausa não é doença e sim apenas um estágio da vida de uma mulher. A principal característica é a parada da menstruação, isso poderia ser uma benção, já que nem toda mulher gosta de menstruar mensalmente. O que ocorre na verdade é que na maioria das mulheres ela se anuncia por irregularidades menstruais, menstruações muito escassas, hemorragias e menstruações mais ou menos intensas. Não existe idade predeterminada para acontecer, mas geralmente ocorre entre os 45 e 55 anos, no entanto pode ocorrer a partir dos 40 anos sem que isto seja um problema.


Os sintomas mais comuns são ondas de calor, suores noturnos, insônia, irritabilidade, depressão, ressecamento vaginal, frigidez, dor durante o ato sexual, diminuição da memória e atenção.






Como Ocorre?


Falando biologicamente a menopausa é a parada de funcionamento dos ovários que deixam de produzir os hormônios estrógeno e progesterona


O estrogênio é o hormônio básico da mulher. Sua produção começa na adolescência, quando é responsável pelo aparecimento dos sinais sexuais secundários na mulher, e vai até a menopausa. A falta de estrogênio causa as ondas de calor ou fogachos em aproximadamente 75 a 80 % das mulheres.


O estrogênio também é responsável pela textura da pele feminina e pela distribuição de gordura. Sua falta causará a diminuição do brilho da pele e uma distribuição de gordura mais masculina, ou seja, na barriga. É a falta de estrogênio que causa a secura vaginal que acaba por afetar o desejo sexual pois transforma as relações em algo desagradável e doloroso.


Uma outra alteração importante na saúde da mulher pela falta de estrogênio é a irritabilidade e a depressão. O estrogênio está associado a sentimentos de alta estima e a falta dele pode causar depressão em graus variados.


Por último o estrogênio é responsável pela fixação do cálcio nos ossos. Após a menopausa grande parte das mulheres passará a perder o cálcio dos ossos, doença chamada osteoporose, responsável por fraturas e por grande perda na qualidade de vida da mulher.






Porque tratar?


Se a menopausa é um fenômeno natural na vida da mulher qual a razão dos médicos proporem um tratamento.


No início da menopausa a mulher poderá sentir sintomas muito fortes o que interferem na sua maneira de viver.


Nos últimos 30 anos, as conquistas da ciência em geral e da medicina em particular aumentaram em muito a idade média dos homens e principalmente das mulheres.


Considerando a idade média da menopausa, por volta dos 45 anos, veremos que as mulheres passarão um terço de suas vidas sem hormônios.O tratamento com hormônios ou com substitutos hormonais reduz a ocorrência de osteoporose que é comum nos 5 primeiros anos da menopausa.


O objetivo então, de um tratamento é melhorar a qualidade de vida da mulher, ou seja, reduzir a osteoporose, redução de doenças cardiovasculares, melhora a depressão, melhora a vida sexual etc. Nutrição e exercícios são importantícimos durante esse período, a mulher deve tomar certos cuidados alimentares e praticar exercícios para permanecer saudável antes e depois da menopausa. Na Alimentação é preciso de dieta balanceada, rica em cálcio e com pouca gordura; ingestão diária de alimentos ricos em vitamina D e suplementos vitamínicos para ajudar na absorção do cálcio; abstenção do uso de cigarros, álcool e cafeína.


Os tratamentos podem ser os mais variados que vai desde terapia hormonal, tratamento natural e novos medicamentos que estão surgindo no mercado. Consulte sempre seu médico e não tenha medo de fazer perguntas.


um grande abraço

Em busca de você....

A música sempre vai ser uma inspiração de amor maior a uma lembrança, recente ou não, toda vez que escuta-la vais estar relacionando a um acontecimento especial.



Como falaste cada momento tem sua música e esta que me indicaste, vale cada palavra em cada momento que estou passando agora, sonho, viajo nas palavras e já despertou sentimentos. É a música que cantarei no ouvido da mulher que adoro e que vou esperar por ela o tempo que for preciso.


Não precisam palavras para descrever a letra da música, o sentimento que você nutre pela outra pessoa e transmite pra ela, já é suficiente para se tornar o maior dos sentimentos já expostos.


A distância sim atrapalha, como queria estar perto da mulher que amo, que não consigo mais esconder sentimentos, que é impossível não pensar nela pelo menos 1 vez a cada hora do dia? Que toda vez que abro twitter, FB ou MSN a primeira pessoa que me vem na cabeça é ela? Sim sim estou apaixonado, estou enlouquecido por esse doce sorriso, estar em cada nuvem presente no céu. Ah! Como é difícil olhar para o céu claro e não lembrar de você, do seu jeito, das bolhinhas rosas e corações coloridos, como é difícil aproximar o beijo do Chico bento e da rosinha e fazer ela abrir e fechar os olhinhos a cada segundo fazendo nossa respiração ficar cada vez mais forte e fazer o miocárdio estourar de tanta alegria de estar ao lado da pessoa amada.


Amor, só era preciso você existir pra me completar, agora eu quero só você. Reduziste a distância de um Brasil para somente a tela do computador, e tem sido maravilhoso demais estar ao teu lado, mesmo que virtualmente.
Jamais te deixarei de lado, a não ser que seja do meu...



Obrigado por vc existir minha doce abelhinha.


JORGE VERCILO - ELA UNE TODAS AS COISAS